Conceitos básicos


Conceitos básicos


Base de dados: Conjunto estruturado de dados armazenados em meio legível por computador, no qual o nível de padronização de dados é alto.

Registro: Conjunto de todas as informações relativas a um item de uma base de dados.

Campo: Espaço definido para cada unidade de informação de um registro. É uma área definida na qual o mesmo tipo de informação é cadastrada consistentemente.

Subcampo: Subdivisão do campo. Subcampos são as menores unidades lógicas de informação em um campo variável. Representam o nível inferior de designação de conteúdo no MARC. Códigos de subcampos (letras ou números) identificam subcampos e são precedidos por delimitadores de subcampos (/).

Indicador: Valor associado a um campo, sinalizando que o dado contido no campo necessita de algum processamento especial. Os indicadores contêm informações sobre o campo para indexação, produção de fichas, ou outras funções do sistema. Os números em posições de indicadores têm significados pré-determinados.

Campo ou subcampo repetitivos: É o campo que pode ocorrer mais de uma vez no mesmo registro, ou o subcampo que pode ocorrer mais de uma vez no mesmo campo.

Campo ou subcampo obrigatório: É o campo ou subcampo cujo preenchimento é necessário e obrigatório para consistência dos dados.

Campos fixos: Campos que possuem tamanho (ou largura) fixo. O primeiro campo no registro é o campo fixo. Etiquetas mnemônicas identificam os elementos que contêm informações codificadas descrevendo o item e o próprio registro.

Campos variáveis: Campos que possuem tamanho (ou largura) variável. O tamanho está de acordo com o dado contido no campo.

ISO 2709: Norma que define a estrutura do arquivo físico que permite o intercâmbio de informações. É um formato padrão de comunicação para registros bibliográficos, utilizado para intercâmbio de registros em meio magnético de um sistema para outro.

Z39.50: Protocolo de comunicação entre servidores de bases de dados.

Etiquetas: As etiquetas identificam os campos variáveis e são agrupadas numericamente por função. XX indica um valor numérico entre 00 e 99.

0XX = Números de controle bibliográfico e informações codificadas

1XX = Entrada principal

2XX = Área de títulos e indicação de responsabilidade; edição, imprenta

3XX = Área de descrição física etc

4XX = Área de série

5XX = Área de notas

6XX = Entradas secundárias de assunto

7XX = Outras entradas secundárias; campos de ligação ou relacionados

8XX = Entradas secundárias de série

9XX = Livre para cada biblioteca definir conforme suas necessidades

Dentro dos blocos 1XX, 4XX, 6XX, 7XX e 8XX, algumas indicações de conteúdo se repetem. Os dois caracteres finais nestes blocos possuem os seguintes significados.

X00 = Nomes pessoais

X10 = Nomes corporativos

X11 = Nomes de eventos

X30 = Títulos uniformes

X40 = Títulos bibliográficos

X50 = Termos tópicos

X51 = Nomes geográficos